Secretaria de Serviços Públicos implanta núcleo de coleta seletiva no Alto do Papagaio


Para promover uma melhor destinação do lixo produzido na cidade e a excessiva quantidade de material descartado, a Secretaria de Serviços Públicos deu início, na tarde desta terça-feira, 6, a implantação da coleta seletiva.

A medida aumenta a vida útil dos aterros sanitários, reduz custo com a disposição final do lixo, melhora a higiene da cidade, evita a contaminação do solo e das águas, reduz os focos de mosquitos, melhores a utilização dos recursos naturais, além de promover a geração de emprego e renda.
O Condomínio Reserva do Papagaio, no bairro Alto do Papagaio, foi o primeiro núcleo habitacional a aderir exitosamente a este programa de conscientização social em defesa do Meio Ambiente.
O material coletado será recolhido pela empresa responsável pela coleta do lixo toda a terça-feira. De acordo com o secretário Justiniano França, " o lixo será destinado a uma cooperativa de reciclagem conveniada com a Prefeitura".
A casa do lixo
O condomínio conta com 210 unidades habitacionais, e uma população estimada em oito mil pessoas. Para facilitar a coleta, os moradores estão construindo um depósito entre as áreas interna e externa, a que estão chamando de " a casa do lixo ", que segundo o síndico Marconi Silva, estará pronta até o final do ano.
"Progressivamente, a medida será estendida por outros condomínios da cidade, e pretendemos atuar ativamente aonde houver demanda", pontuou o prefeito Colbert Martins Filho.
O gestor determinou à Secretaria do Meio Ambiente do Município que regularize, em caráter de urgência, a Lei que criou o IPTU Ambiental, ou IPTU Verde, como a medida se popularizou.
"Esta Lei estimula a sociedade a zelar pelo Meio Ambiente, e premia os proprietários de imóveis que aderir ao projeto, através da redução no valor da taxa anual do imposto", disse.

Share on Google Plus

Sobre Santiago Live

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário