Homem tem prisão decretada após matar a esposa no dia do aniversário


Acusado de ter matado a mulher a facadas, na última quinta-feira (15), feriado da Proclamação da República, Antônio Gonçalves da Silva teve a prisão preventiva decretada ontem (19), durante audiência de custódia, pela Juíza Dra Márcia Simões Costa, que é titular da Vara do Juri, em Feira de Santana.


A vítima Rosângela dos Santos, de 35 anos, foi morta a facadas, no Conjunto Diadema, no bairro Campo Limpo. Em entrevista ao Acorda Cidade, Antônio disse que não se lembrava do crime, pois estava embriagado.

“Eu não lembro, eu estava embriagado. Até hoje eu não consigo entender o que aconteceu. Bebi muito naquela noite, pois era meu aniversário. Bebi junto com ela”, afirmou o acusado.Ele afirmou que não tinha motivos para matar a esposa, com quem vivia há quase 15 anos. No dia do assassinato, estavam apenas os dois em casa.

“Isso foi quinta-feira, e hoje (ontem, 19) já é segunda. Eu deito na cela e não consigo lembrar de nada. Minha mulher era deficiente, teve um derrame e tinha um lado esquecido. Eu bebia na rua e ela não bebia. Quando eu bebia com ela, era dentro de casa, não era na rua”, declarou, acrescentando que foi ele mesmo quem prestou socorro à vítima, junto com mais duas pessoas e depois foi preso. 

Fonte: Acorda Cidade
Share on Google Plus

Sobre Santiago Live

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário