Milionários ocupam metade do Congresso eleito



Dos 567 parlamentares eleitos no último domingo para o Senado e para a Câmara dos Deputados, 49% declararam patrimônio superior a R$ 1 milhão. No Senado é maior a proporção de endinheirados: 36 dos 54 eleitos são milionários. Eleito senador pelo Paraná pelo Podemos, Oriovisto Guimarães declarou bens no valor de R$ 239,7 milhões e é o mais rico entre os parlamentares eleitos.


Em entrevista exclusiva ao UOL, o candidato ao governo de São Paulo João Doria (PSDB) confirmou a Josias de Souza que apoiará Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno, mas disse que não concorda com todas as suas posições e que gostaria que ele revisse algumas delas. Doria disse que não tem nenhuma desconfiança das urnas eletrônicas, colocadas sob suspeita por Bolsonaro.


Também falando ao UOL com exclusividade, o governador reeleito do Ceará, Camilo Santana (PT) defendeu em entrevista à repórter Luciana Amaral que seu partido faça uma autocrítica e mude o foco da campanha no segundo turno das eleições presidenciais.


Na capital paulista, os bairros com maior votação de Bolsonaro e de Fernando Haddad (PT) revelam críticas e pregam mudança.

Fonte: Resumododiauol
Share on Google Plus

Sobre Santiago Live

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário