Laudo confirma que menina de 12 anos estuprada pelo pai está grávida



A menina de 12 anos que foi estuprada pelo próprio pai está gravida. O resultado do laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi divulgado na terça-feira (30) pelo delegado Gustavo Coutinho.


O pai da jovem foi preso na noite do dia 19 de outubro, no distrito de Ipuaçu, em Feira de Santana, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva. Ele não resistiu a prisão e confessou com detalhes o crime. Ao Acorda Cidade o delegado informou que a vítima foi submetida a exames de gravidez após surgir a suspeita de que ela estaria grávida. O resultado positivo foi anexado ao inquérito remetido ao Ministério Público.

 “O laudo chegou com o resultado de que a menina está realmente grávida do próprio pai e o resultado foi encaminhado para o Ministério Público que tomará as providências cabíveis em relação à gravidez dela, para ver se vai pedir autorização judicial para ela abortar. É uma aberração, um caso gravíssimo e a justiça tem que ser ágil e penalizar esse indivíduo para ele ficar muito tempo preso e pagar por essa crueldade que fez contra a própria filha de 12 anos. A gravidez está no início, tem cerca de um mês”, informou o delegado.

Ele já havia sido indiciado por abuso sexual em um inquérito no ano de 2011, quando foi acusado pela mesma filha aos cinco anos de idade e as enteadas de quatro e seis anos. O inquérito acabou sendo arquivado em 2014 por falta de provas. O autor do crime residia no conjunto George Américo e, com a repercussão do caso e receio de ser linchado pela população, fugiu com a família para a zona rural de Feira.

“Sete anos depois, ele responde novo inquérito, mas desta vez foi comprovado, tanto pelo laudo inicial quanto pela gravidez. Além disso, quando ele foi conduzido para a delegacia confessou com detalhes tudo o que vinha fazendo contra a filha nestes anos. A pena será muito alta por todos esses crimes que cometeu. Ele continua preso no Conjunto Penal de Feira de Santana”, afirmou.


A prisão
Cansada dos constantes abusos praticados pelo próprio pai durante todo esse tempo, no dia 17 de outubro a garota decidiu comentar com duas colegas da escola. Elas contaram o fato para a professora e em seguida a situação foi reportada para a delegacia especializada. A vítima foi encaminhada para a realização exames no DPT, que confirmaram o estupro através de laudo. A polícia fez a comunicação ao Conselho Tutelar e representou pela prisão preventiva do autor.

Com o parecer favorável do Ministério Público e decretação da prisão temporária pelo juiz titular da 1ª Vara Crime de Feira de Santana ele foi preso em posse de uma arma de fogo, mas não ofereceu resistência à prisão. Foi encaminhado ao Complexo de Delegacias do bairro Sobradinho e ao ser interrogado, tentou justificar que a culpa seria da bebida e pelo ciúme doentio que nutria pela filha.

Fonte: Acorda Cidade

Share on Google Plus

Sobre Santiago Live

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário