“Ele acabou com a minha vida”, diz Nutricionista que foi: grave ameaça e chantagem



A nutricionista, R C S S, que foi vitima de grave ameaça e chantagem pelo comerciante Fernando Alves Sousa Coelho, 33 anos, morador do bairro Rua Nova em Feira de Santana, após a mesma comprar um aparelho Iphone novo e dar o dela como entrada, porém, o acusado teria resgatado a lixeira e ter acesso as fotos e mensagens e depois chantageá-la. 


“Ele acabou com a minha vida, ele está acabando com a vida de minha família, minha irmã, minha filha. Hoje mesmo, levei minha filha pra escola, horas depois a diretora me liga, para que eu fosse busca-la. Ao chegar, minha filha estava sendo vitima de bulling dos colegas, porque ele teria divulgado as fotos em redes sociais. Então, ele vai ter que pagar pelos crimes que cometeu”.


A Nutricionista disse ainda que, fez de tudo para que ele apagasse as imagens e mensagens que teria recuperado do seu celular. “Fiz de tudo, todos os dias ele me mandava mensagens fazendo ameaças, mesmo atordoada com a situação, resolvi registrar uma queixa na DEAM, mesmo assim, ele continuou fazendo as ameaças, inclusive, quanto eu falava de chantagem, ele zombava da justiça, creio que ele ficou todo tempo me chantageando achando que teria impunidade, porque eu falava todo tempo que era crime o que ele tava fazendo, mas ele não ligava”.


“Fiz de tudo que ele aceitasse que sairíamos no dia 30, porque não estava com cabeça, mas ele continuava com as ameaças de postar as fotos nas redes sociais. No domingo pela manhã, ele começou cedo, falando que tinha que ser hoje, parece que ele estava alucinado, tentei deixar pra sairmos no dia 30, mas ele insistia que fosse nesse dia (domingo), se não postaria as imagens nas redes. Ai, aceitei ir ao motel com ele, para que ele me desse as imagens. Ao chegarmos, pedir, mas ele disse que só depois, e começou a me agarrar a força, me beijar a força, fiquei nervosa, no descuido, conseguir ligar para o 190 e acionei a polícia”, finalizou a vitima.


O delegado Péricles Novais, contou também, que os crimes que foram atribuídos ao acusado Fernando, foram baseados na nova lei contra a mulher, é uma lei nova de 2018. “Mas na verdade, ela foi vitima de estupro, ele beijou a força, ele agarrou a força, ele queria manter relação sexual a força. Isso se comprova estupro e com certeza o Ministério Público deverá colocar o crime de estupro na denuncia que fará para o juiz. Além disso, entraremos com uma ação indenizatória pedindo Um Milhão de Reais ao acusado”, frisou Novais.



Entenda o Caso

O comerciante Fernando Alves Sousa Coelho, 33 anos, morador do bairro Rua Nova em Feira de Santana foi preso em flagrante após tentar manter relação sexual sob grave ameaça e de uma chantagem com uma cliente no interior de um motel, localizado no bairro Conceição, no último domingo (21-10-18).

Segundo informações, a guarnição do Pelotão de Emprego em Táticas Operacionais (PETO/SERTÃO) da 66ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), que foram solicitados pelo CICOM informando que no interior de um motel estava ocorrendo uma tentativa de estupro.


Ao chegar no local, encontraram a nutricionista de iniciais R C S S, que informou ter trocado seu aparelho celular Iphone 6 s 64 gigas, pelo celular Iphone 7 plus, com Fernando Alves, proprietário de uma loja de vendas de aparelhos de celulares, sendo que no aparelho Iphone 6 s, ficou algumas fotos intimas e conversas de wats zapp da queixosa, porém, Fernando, de posse das mesmas, passou a chantagear a comunicante, querendo que a referida, praticasse sexo com ele, caso contrario divulgaria suas fotos nas redes sociais.


Ainda de acordo com a polícia, se sentindo ameaçada, a vitima foi ao encontro de Fernando, e chegando no local marcado, acionou a PM, e a guarnição chegou, deteve o acusado e conduziram os envolvidos a Central de Flagrante do Complexo de Delegacias do Sobradinho, onde junto com um Iphone 08 e um Iphone 07, pertencentes a Fernando foram entregue a autoridade policial.


Fonte: Políciaéviola
Share on Google Plus

Sobre Santiago Live

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário