Educadores que trabalham com alunos portadores de deficiência participam de capacitação


“Educação ao longo da vida em uma escola para todos” é o lema do IX Seminário do Programa de Apoio à Inclusão (PAI), aberto na manhã desta quinta-feira, 4, no auditório do Íbis Hotel.

O encontro, que se estenderá até essa sexta-feira, 5, tem a sua programação voltada para captação e formação de educadores envolvidos com alunos com algum tipo de deficiência, sob a coordenação da Associação dos Pais e Amigos e Amigos dos Excepcionais (APAE).
Edna Maria Queiroz (foto), presidente da APAE/Feira, abriu o ciclo de palestras do IX Seminário versando sobre “Como fazer a Educação Inclusiva ao Longo da Vida”. Os palestrantes seguintes centraram suas falas baseados em variações sobre este tema, a exemplo da professora Suzana Souza, que discorreu sobre “Uma escola para todos e para toda a vida”.
“O lugar da família frente ao processo de envelhecimento da pessoa com Deficiência Intelectual”, foi o tema da palestra proferida por Sinara Dantas, doutora em Família na Sociedade Contemporânea.
Já a psicopedagoga Nadja Araújo falou sobre a “Ressignificação à Inclusão com a Educação Permanente ao Longo da Vida para Pessoas com Espectro do Autismo.
Em sua fala na abertura do evento, o prefeito Colbert Martins Filho (foto) elogiou a iniciativa e considerou “ muito expressivo o número de educadores e pessoas mobilizados em torno de um assunto de tamanha importância para a sociedade”.

Share on Google Plus

Sobre Santiago Live

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário