Saiba por que Feira de Santana vai comemorar mais um aniversário sem feriado



Na próxima terça-feira, dia 18 de setembro, será comemorado o 185º (Centésimo Octogésimo quinto) aniversário da emancipação política de Feira de Santana, e assim como nos anos anteriores a data não será feriado municipal, algo que sempre gera questionamentos e insatisfação por boa parte da comunidade.


De acordo com o secretário de Administração do município, João Marinho Gomes Júnior, no dia do aniversário da cidade haverá apenas ponto facultativo nas repartições públicas municipais que não estão sob regime de plantão e não são serviços essenciais.

Por lei são permitidos apenas quatro feriados municipais e Feira de Santana os tem. São eles: Sexta-feira da Paixão, Corpus Christi, São João e Senhora Sant'Ana (Padroeira da Cidade). Os feriados de Corpus Christi e a Sexta-feira da Paixão, ao contrário do que muitos pensam, não são nacionais. São decretados por cada município. De acordo com o Art. 2º, da Lei Nº 9.093, de 12 de Setembro de 1995, eles são feriados religiosos, declarados em lei municipal, de acordo com a tradição local e em número não superior a quatro.

“A exemplo do que vem ocorrendo nos últimos anos, o dia 18 de setembro, data em que se comemora a emancipação política de Feira de Santana é apenas um ponto facultativo. É uma situação difícil porque continua prevalecendo um limite para que cada município possa decretar feriado, que são quatro e já estão enraizados no nosso cotidiano e acredito que seria muito difícil a administração municipal efetuar a retirada de um dos desses feriados, que são religiosos, para incluir a emancipação política como feriado”, afirmou o secretário ao Acorda Cidade.

Ele informou ainda que a programação do aniversário da cidade será uma missa celebrada às 7h, na Catedral de Santana. No final da tarde haverá a sessão solene na Câmara de Vereadores e, à noite, no espaço de eventos Spazio, haverá a entrega das comendas às pessoas que prestaram serviços relevantes à sociedade feirense e cujos nomes já foram publicados do Diário Oficial.


Fonte: Acorda Cidade
Share on Google Plus

Sobre Santiago Live

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário