Lava Jato: ação que prendeu ex-governador do PR também cumpre mandado na Bahia


A operação “Piloto”, 53ª fase da Lava Jato que prendeu na manhã desta terça-feira (11) o ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB), também realiza ações em Salvador, mas ainda não há informações sobre o endereço onde os policiais federais cumprem o mandado de busca e apreensão.

Segundo a Agência Brasil, ao todo, 180 agentes estão envolvidos na operação realizada em São Paulo, Lupianópolis (PR), Colombo (PR) e Curitiba (PR), além da capital baiana, e cumpre 36 ordens judiciais de busca e apreensão, prisão preventiva e prisão temporária.
As apurações da “Piloto” se concentram com o suposto pagamento milionário de vantagem indevida pelo Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht, em 2014, para agentes públicos e privados no Paraná.
A Polícia Federal e o Ministério Público Federal investigam denúncias de corrupção ativa e passiva, fraude à licitação e lavagem de dinheiro na duplicação, manutenção e operação da rodovia estadual PR-323 na modalidade parceria público-privada.
Fonte: Bahia.ba
Share on Google Plus

Sobre Santiago Live

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário