Por conta dos custos altos, feirenses desistem da Rússia e reformulam viagens para outros lugares


Alguns feirenses até que tentaram, mas os altos preços fizerem com que desistissem de viajar até a Rússia para assistir aos jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo deste ano. Houve também quem mudasse os planos e planejasse a viagem para outros destinos.

De acordo com o gerente da agência de viagem CVC do Shopping Boulevard, em Feira de Santana, Robeilton Vitorino, a procura pelos pacotes foi muito grande, porém apenas dois casais efetivaram a compra em todas as lojas da rede na Bahia.
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade
“A procura foi muito grande, porém a inflação das passagens e o aumento do custo, acabou dando uma freada. Fizemos um levantamento nas lojas da rede de toda a Bahia e em Feira não houve nenhuma venda de pacotes para a Rússia durante o período da Copa do Mundo”, afirmou.
Entramos em contato com outras duas agências da cidade e fomos informados que houve muita procura, mas também desistência.
Segundo Robeilton, um pacote para um casal viajar à Rússia no período da Copa do Mundo, custa uma média de 40 a 50 mil reais, sem os ingressos para os jogos. Por esse motivo, muitas pessoas mudaram de planos e escolheram países como Paris, Londres e Itália, que está custando em média a metade do preço, além de países da América do Sul.
“Há seis meses a passagem para a Rússia custava cerca de 4 mil reais, o pacote com hotel, uma média de 14 a 20 mil reais, porém tem outros custos locais. Mas agora, com a proximidade dos jogos, os preços subiram”, informou.
No mundial de 2014, que foi realizado no Brasil, os preços das passagens áreas também foram inflacionados. De acordo com o gerente da CVC, isso fez com que os brasileiros deixassem de viajar no período, provocando uma queda nas vendas dos pacotes nacionais.
“Na Copa realizada no Brasil tivemos um crescimento de preço muito grande, por ser um evento interno. Por exemplo, um bilhete aéreo para Fortaleza, que custa em média 300 reais, passou a custar 1.000 reais. Isso provocou uma queda grande no turismo nacional. Porém com a proximidade da Copa houve uma redução nos valores, além de uma propaganda, o que levou a uma melhora”, lembrou.
Destinos mais procurados
Com a mudança de planos dos feirenses, Gramado (RS) e Campos do Jordão (SP) devido ao frio já que são cidades serranas, estão entre os destinos mais procurados. Os estados do Nordeste também tiveram um crescimento na procura, conforme informou Robeilton.
“A procura pelo Nordeste cresceu muito esse ano, apesar do inverno. Fortaleza é um dos pacotes que mais vendemos. O Brasil vive uma situação econômica instável, então as pessoas preferem gastar pouco no pacote e aproveitar a viagem. As pessoas estão personalizando a viagem, então ao invés de gastar um valor alto, optam por pacotes mais em conta”, afirmou.
Economia
Em busca dos melhores preços, os feirenses estão em busca de opções mais baratas. Para isso, a antecipação da compra das passagens aéreas, com um bom planejamento, além da troca do avião por veículo de passeio, quando o destino não é tão distante, são algumas estratégias dos que querem economizar.
“A opção pela viagem de carro está grande. Às vezes a gente não acha uma passagem barata de avião e o cliente prefere ir de carro, especialmente para estados do Nordeste a exemplo de Maceió. Além disso, a pessoa ganha mais flexibilidade para andar pela cidade e aproveitar as praias com custo menor. A antecipação da compra também é importante. A média é seis a quatro meses antes, pois a pessoa vai ter um valor bem menor. Agora, por exemplo, a gente começa a vender para o fim do ano e as férias de janeiro. Isso gera uma boa economia. A programação é essencial para se ter uma disponibilidade de valores”, destacou.
Perfil do viajante
Para o mês de junho, os feirenses preferem viajar em família. As férias escolares contribuem para essa procura. Os locais mais procurados são aqueles com praia. Hotéis na linha verde no próprio estado da Bahia e também Aracaju, são opções bem buscadas pelos feirenses.
Fonte: Acorda Cidade
Share on Google Plus

Sobre Santiago Live

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário