Paciente com leishmaniose espera há sete dias por transferência em policlínica


Um morador do conjunto Fraternidade, em Feira de Santana, está internado desde a última quinta-feira (10), na policlínica do Bairro Tomba, diagnosticado com leishmaniose visceral. O paciente não teve o nome divulgado, mas, de acordo com o diretor da unidade, José Pires Leal, a central de regulação do estado está sendo contatada diariamente, mas até o momento a família do homem não obteve resposta.


“O paciente deu entrada aqui com a suspeita de dengue, mas ficou em observação, e a doença não foi constatada. Em exames posteriores confirmaram que esse paciente está com leishmaniose visceral. Uma doença grave que precisa de avaliação com infectologista urgente, está com as plaquetas muito baixas, provavelmente precisa de uma transfusão sanguínea, e está na regulação. Estamos todos os dias atualizando a regulação e enviando por e-mail para a central estadual de regulação”, informou José Pires Leal.

Ele afirmou ainda que a central de regulação pode realizar a transferência tanto para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) quanto para outro hospital da Bahia que tenha vagas.

“Esse paciente está com o abdômen inchado, os exames alterados. Está no isolamento, porque requer cuidados e não pode ter contato com a população itinerante. Além disso, corre o risco de sangramento”, informou.

No dia 10 de abril, um morador do bairro do bairro Campo Limpo morreu vítima da doença. O paciente possuía a doença há seis meses e demorou a procurar atendimento, o que pode ter agravado o caso. Ele foi levado por familiares para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Mangabeira, com estágio avançado, mas teve o pedido de regulação estadual negado e morreu no dia seguinte à solicitação.

Sintomas
Os sintomas da leishmaniose podem ser febre persistente por mais de sete dias, sangramento e distensão abdominal. De acordo com a enfermeira referência da doença, Taís Peixoto, as pessoas que apresentarem os sinais da leishmaniose devem procurar atendimento médico imediatamente.
A transmissão da doença ocorre através do flebótomo (também conhecido como mosquito palha). Para afastar o mosquito transmissor da sua residência, mantenha seu quintal limpo: remova materiais orgânicos como folhas, restos de comida, frutos e fezes de animais. Também mantenha a vacina dos seus cães em dia.

Fonte: Acorda Cidade
Share on Google Plus

Sobre Santiago Live

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário