Prefeitura sanciona lei do Plano Municipal de Mobilidade Urbana


Aconteceu na tarde de quinta-feira (5), no Centro de Atendimento ao Feirense em Feira de Santana (CEAF),  a sanção da lei do Plano Municipal de Mobilidade Urbana. O secretário municipal de planejamento Carlos Brito explicou que o plano é um instrumento que está previsto na legislação e objetiva uma melhora no projeto de qualificação de passeios e implantação de ciclovias. Segundo ele, vai melhorar a mobilidade urbana de forma ampla.


“Tem uma perspectiva de melhorar a mobilidade na área central da cidade, com a inauguração do centro comercial popular onde os passeios deverão ser desocupados e então temos um projeto grande para requalificação de todos os passeios da área central. Devolvendo os passeios as pessoas tem o princípio constitucional de ir e vir. Temos também uma perspectiva de um projeto de passarelas”, afirmou.

Carlos Brito informou que está prevista a implantação de uma passarela entre a estação rodoviária, atravessando a avenida Presidente Dutra. Há a previsão de uma ciclovia na área central da Avenida Maria Quitéria que inicialmente estava preconizada no plano do BRT como uma alternativa de vias para melhorar as estações. De acordo com ele, o BRT é parte do plano diretor de mobilidade urbana.
A implantação do plano de mobilidade urbana ultrapassa o orçamento do município e a prefeitura deverá recorrer a financiamentos e empréstimos para a execução.

“Os projetos terão que acontecer à medida que o gestor entenda que está no momento de fazer operação. A cidade está crescendo em uma velocidade muito grande e temos por exemplo a lei do solo que está sendo discutida e alguns instrumentos foram colocados para que não se construa em qualquer lugar. É preciso aumentar a fiscalização e contratar mais gente, pois temos uma equipe de fiscais muito pequena”, finalizou.

Fonte: Acorda Cidade
Share on Google Plus

Sobre Santiago Live

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário