Ciclistas fazem protesto e cobram ciclovias em Feira de Santana


Foi realizado na noite de quarta-feira (5) um protesto de ciclistas na Avenida Fraga Maia, em decorrência do atropelamento ocorrido esta semana, que vitimou Maria Ivonete Santos da Silva, 57 anos. Cerca de 300 ciclistas participaram do protesto. Eles saíram da Avenida Fraga Maia até a prefeitura.



Um dos organizadores do protesto, Josuel Jobike, informou que o objetivo do movimento é solicitar mais ciclovias e ciclofaixas para Feira de Santana, o que proporcionaria mais segurança ao ciclista. Ele destaca que na cidade não tem um representação de ciclistas, mas que existem vários grupos e que a modalidade vem crescendo muito, o que requer mais atenção do poder público.

“Chamamos todos os ciclistas de Feira para participar desse movimento. Hoje o ciclismo aumentou bastante em todo o Brasil e também em Feira de Santana. É considerado um meio de transporte e também o transporte do futuro. Hoje as cidades estão cheias de carros e Feira, como é uma cidade plana, tem tudo para a bicicleta como meio de transporte dar certo, basta os administradores enxergarem isso e investir”, destacou.


Dificuldades
A principal dificuldade para quem anda de bicicleta em Feira de Santana é a falta de áreas exclusivas para os ciclistas. Josuel Jobike afirma que os adeptos da bicicleta disputam com os veículos e que a maioria dos condutores não respeita os ciclistas. Ele lembrou de outro acidente grave que ocorreu na cidade, que resultou na morte de Valney Paes de Almeida, 54 anos, em maio do ano passado.


“Esperamos que o poder público invista em ciclovias, ciclofaixas, que as avenidas novas que estão se abrindo na cidade tenham esse espaço para o ciclista. Não é justo a gente disputar com carros. Se fala tanto em mobilidade urbana, mas nada a respeito dos ciclistas”, lamentou.





Fonte: Acorda Cidade
Share on Google Plus

Sobre Santiago Live

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário