Catadores de latinha: limpeza do circuito e faturamento extra


Enquanto muitos foliões não querem perder tempo e curtir ao máximo a folia da Micareta, dançando, bebendo e curtindo, os catadores de latinhas e trabalhadores da reciclagem vão atrás do trio, percorrendo todo o circuito com o máximo de agilidade para não deixar nenhuma latinha na “pista.”


Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Eles aproveitam a festa para garantir uma renda extra e ainda contribuem para a limpeza das ruas e avenidas. Os foliões descartam as latinhas pelo chão e os catadores estão a postos para recolhê-las e depois vendê-las para empresas que trabalham com reciclagem.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Esse é o caso de Erinaldo Correia de Lima, que trabalha como catador de latas há dez anos. Da cidade de Paulo Afonso, ele veio trabalhar na Micareta e está sempre presente no carnaval e em outras festas de rua fazendo o seu trabalho.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

“Eu trabalho sozinho. Na Micareta esse ano eu recolhi uns 200 kg de latinhas. Mas, ano passado, deu mais. Eu derreto as latas e depois passo para a fábrica de reciclagem”, explicou.

A cearense Selda Maria mora em Feira de Santana há quatro anos. Com seis meses de gravidez, ela disse que a barriga não a impede de trabalhar e batalhar pela vida. Selda, o marido e os dois filhos trabalham com reciclagem e a atividade é motivo de orgulho para todos.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

“Eu gosto muito do meu trabalho. É cansativo, mas temos que ter motivação e força para trabalhar. Além da gente garantir a nossa renda também está contribuindo para a limpeza do meio ambiente”, declarou.

Fonte: Acorda Cidade
Share on Google Plus

Sobre Santiago Live

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário